Por que falar sobre autismo?

Estudos mostram que a incidência do autismo está aumentando. No mundo, já são 70 milhões de pessoas afetadas.
.
Na década de 70, uma em cada 10.000 crianças apresentava sintomas de autismo. Em 2016, uma em cada 68 crianças era diagnosticada como portadora do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Atualmente, houve um aumento de 15%, e uma em cada 59 crianças recebe diagnóstico de TEA.
.
Se tudo permanecer como está, a previsao para 2033 é de que a prevalência do autismo seja de um para quatro nascidos vivos.
.
Desses números, a proporção é de cinco meninos afetados para cada menina.
Família com um filho autista tem chance de 20% de ter o segundo autista.
Em gêmeos idênticos se um apresenta autismo a chance é de 60 a 90%do outro apresentar o transtorno.
.

No Brasil, estima-se em 2 milhoes de pessoas afetadas mas não há estudos estatísticos sobre a prevalência do TEA. Os números citados são dos Estados Unidos, que é o país com mais pesquisas sobre o tema.