Diarreia infantil – Causas e tratamento

A Diarréia infantil é uma doença grave pois pode levar a desidratação.

Entenda:

  • Como se apresenta a diarreia infantil;

  • Quais as causas;

  • Qual é o tratamento;

  • Quais os sinais de alarme.

Diarreia infantil – Causas e tratamento

Diarreia é a eliminação de fezes líquidas em quantidades maiores que o habitual e muitas vezes.

Diarreia aguda – é a que dura menos de 14 dias.

Diarreia crônica – persiste por mais de 14 dias

Diarreia  infantil – Causas

A causa mais comum é infecciosa, que pode ser causada por vírus ou  bactérias.

O contágio se dá por contato com outras pessoas com diarreia  e falta de cuidados de higiene.

Não há necessidade de exames para confirmação do diagnóstico que é clínico.

Crianças amamentadas são mais protegidas contra a diarreia aguda .

Diarreia acompanhada de sintomas respiratórios, sugere causa viral.

Diarreia infantil – Tratamento

A diarreia aguda é uma doença séria,  pois a criança pode desidratar.

O importante é dar SORO para evitar a desidratação.

Não suspenda a alimentação. A criança deve comer. Às vezes, ela está sem apetite.

Ofereça o que ela aceitar melhor e aos poucos. Não force.

Não precisa mudar a dieta.

Não se deve dar alimentos obstipantes, pois é necessário que o corpo elimine os agentes que causaram a diarreia.

Leite do peito não se suspende.

Não precisa diluir o leite.

Aumentar a ingestão de líquidos, como água, água de coco, chá de erva cidreira, de erva doce ou de hortelã, suco de limão e caju.

Praticamente NÃO há lugar para medicamentos no tratamento da diarreia aguda.

Na diarreia aguda o tratamento preferencial é o Soro de reidratação oral, que pode ser o caseiro ou industrializado.

SORO CASEIRO –

NÃO USE MEDIDAS CASEIRAS PARA FAZER O SORO. Solicite a COLHER PADRÃO para soro caseiro nos postos de saúde e nela virá escrito o modo de preparo.

Também pode ser usado o soro pronto, tipo: Pedyalite, Hidrafix, Hidrax, conforme as orientações da embalagem.

Como administrar o soro:

Dar uma colher das de chá de 10 em 10 minutos durante 2 horas e, depois, espaçar para meia a uma hora e dar quanto aceitar.

Sempre, após cada evacuação líquida, oferecer mais 3 colheres.

Se a diarreia for muito intensa e/ou a criança tiver muita sede, oferecer soro também nos intervalos das refeições, alternando com água, suco e chás.

Se durante a hidratação a criança vomitar, aguarde 10 minutos e reiniciar o soro em volumes menores.

A criança estará reidratada quando apresentar duas micções claras e abundantes.

A alimentação deverá ser iniciada assim que a criança estiver reidratada.

Na diarreia aguda infantil antibióticos não devem ser utilizados, pois a diarreia sara sozinha e os antibióticos alteram a flora intestinal da criança.

A DIARRÉIA melhora após 48 horas e sara em 5 dias.

Diarreia  infantil – Sinais de alarme

VOLTE AO PEDIATRA OU AO PRONTO-ATENDIMENTO SE:

  • DIARREIA MUITO INTENSA – FEZES LÍQUIDAS MAIS DE UMA VEZ POR HORA

  • VÔMITOS SEGUIDOS

  • SEDE MUITO INTENSA

  • OLHOS FUNDOS

  • NÃO ACEITA LÍQUIDOS

  • GEMÊNCIA E ABATIMENTO

  • FICAR SEM URINAR MAIS DE 8 HORAS

  • DIARREIA COM SANGUE E FEBRE ALTA

  • DIARREIA NÃO MELHORA EM 3 DIAS OU NÃO CURA EM 7 DIAS